Escola de Eletricista 2021

O objetivo da Escola de Eletricista é qualificar profissionais que tenham interesse em trabalhar na área de distribuição de energia elétrica. Com carga horária de 320 horas, cerca de 08 semanas de duração, o curso tem como foco a qualificação e capacitação como Eletricista de Redes de Distribuição. As vagas são limitadas e os formados permanecerão em um banco de talentos da Santa Maria, para participar de futuros processos de seleção para vagas efetivas. 

O curso, ministrado na sede do Senai em Colatina/ES, contará com aulas teóricas e práticas a respeito dos princípios e leis que regem o funcionamento de sistemas elétricos de potência. O objetivo dessa formação é capacitar os participantes nos procedimentos e técnicas necessárias para operação, inspeção e manutenção de redes de distribuição de energia elétrica, bem como ligação de consumidores dentro das normas técnicas e de segurança.

A Santa Maria oferecerá aos estudantes, material didático, uniformes e equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Requisitos para Inscrição no Processo Seletivo

A Escola de Eletricista de Redes de Distribuição é gratuita e está aberta a homens e mulheres e os interessados poderão realizar suas inscrições até o dia até 18/05/2021. O processo de seleção inclui prova teórica, avaliação psicossocial e entrevista. 
Os requisitos para ingressar na Escola de Eletricista são os seguintes:
– Ensino Médio completo;
– Residir nos municípios da área de atuação da Santa Maria – necessário comprovante de residência (Santa Teresa, São Roque do Canaã, Colatina, Marilândia; Pancas, Alto Rio Novo; Águia Branca, São Domingos do Norte, Governador Lindenberg, São Gabriel da Palha e Vila Valério);
– Ter, no mínimo, 18 anos de idade;
– Disponibilidade de horário para estudo em tempo integral, das 8h às 17h, durante o período do curso;
– Ter CNH Categoria mínima “B”.

Conteúdo Programático

1. NR35 – TRABALHO EM ALTURA – Carga Horária: 16 horas

1.1 Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura;
1.2. Análise de Risco e condições impeditivas;
1.3. Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle;
1.4. Sistemas, equipamentos e procedimentos de proteção coletiva;
1.5. Equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso;
1.6. Acidentes típicos em trabalhos em altura;
1.7. Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros.

2. NR10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES EM SERVIÇOS COM ELETRICIDADE – Carga Horária: 40 horas

2.1. Introdução à Segurança com Eletricidade;
2.2. Riscos em Instalações e Serviços com Eletricidade;
2.3. Técnicas de Análise de Risco;
2.4. Normas Técnicas Brasileiras – NBR da ABNT: NBR-5410, NBR 14039 e outras;
2.5. Regulamentações do MTE;
2.6. Equipamentos de Proteção Coletiva;
2.7. Equipamentos de Proteção Individual;
2.8. Rotinas de Trabalho – Procedimentos;
2.9. Documentação de Instalações Elétricas;
2.10. Riscos Adicionais;
2.11. Proteção e Combate a Incêndios;
2.12. Acidentes de Origem Elétrica;
2.13. Primeiros Socorros.

3. NR10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES EM SERVIÇOS COM ELETRICIDADE (SEP) – Carga Horária – 40 horas

3.1. Específico em elétrica
3.1.1. Organização do Sistema Elétrico de Potência (SEP): Fase de Geração, Transmissão, Sub-Transmissão e Distribuição.
3.1.2. Níveis de Tensão padronizados.
3.1.3. Condições impeditivas para serviços.
3.1.4. Riscos típicos no SEP e sua prevenção: proximidade e contatos com partes energizadas; indução; descargas atmosféricas; estática; campos elétricos e magnéticos; comunicação e identificação; trabalhos em altura, máquinas e equipamentos especiais.
3.1.5. Técnicas de análise de Risco no S E P Procedimentos de trabalho análise e discussão Técnicas de trabalho sob tensão: em linha viva; ao potencial; em áreas internas; trabalho a distância; trabalhos noturnos; ambientes subterrâneos.
3.2. Específico em Segurança
3.2.1. Organização do trabalho: programação e planejamento dos serviços; trabalho em equipe; prontuário e cadastro das instalações; métodos de trabalho; comunicação.
3.2.2. Aspectos comportamentais.
3.2.3. Equipamentos e ferramentas de trabalho (escolha, uso, conservação, verificação, ensaios); 3.2.4. Sistemas de proteção coletiva. Equipamentos de proteção individual.
3.2.5. Posturas e vestuários de trabalho.
3.2.6. Segurança com veículos e transporte de pessoas, materiais e equipamentos.
3.2.7. Sinalização e isolamento de áreas de trabalho Liberação de instalação para serviço e para operação e uso. Treinamento em técnicas de remoção, atendimento, transporte de acidentados.
3.2.8. Acidentes típicos Análise, discussão, medidas de proteção.
3.2.9. Responsabilidades.

4. MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE SISTEMAS DE REDES DISTRIBUIÇÃO ENERGIA ELÉTRICA EM INSTALAÇÕES DE MÉDIA E BAIXA TENSÃO – Carga Horária: 224 horas

4.1. Eletricidade Geral
4.1.1. Processos de geração;
4.1.2. Propriedade dos materiais;
4.1.3. Conceitos do Magnetismo;
4.1.4. Eletromagnetismo;
4.1.5. Lei de Ohm;
4.1.6. Corrente Alternada;
4.1.7. Instrumentos de Medição;
4.1.8. Corrente Elétrica;
4.1.9. Circuito Elétrico.

4.2. Montagem de Redes de Distribuição
4.2.1. Leitura e Interpretação de Desenhos;
4.2.2. Equipamentos e Ferramentas;
4.2.3. Técnicas de Construção de Redes;
4.2.4. Aspectos relativos a Segurança, Meio Ambiente e Qualidade;
4.2.5. Documentação Técnica;
4.2.6. Planejamento;
4.2.7. Procedimento e Técnicas Operacionais da Concessionária;
4.2.8. Técnicas de Montagem e Manutenção de Iluminação Pública.

4.3. Técnicas de Manutenção de Redes de Distribuição
4.3.1. Aspectos Relativos a Segurança, Meio Ambiente e Qualidade;
4.3.2. Documentação Técnica;
4.3.3. Planejamento;
4.3.4. Procedimentos e Técnicas de Manutenção;
4.3.5. Ligação de consumidor, Suspensão do fornecimento (corte) e relacionamento com o consumidor

Galeria de Fotos